Transferências cross border, outro dos benefícios de open banking

Transferências cross border, outro dos benefícios de open banking
  1. Então, qual é a relação entre o open banking e as transferências cross border?
  2. Qual é o papel da Prometeo nesses processos?

No contexto financeiro, as transferências tiveram sua própria evolução e hoje são uma prática necessária e cotidiana para pessoas físicas e empresas.

Se olharmos um pouco mais para atrás, desde 1973, com a criação do código SWIFT (Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication), já se identificava a necessidade de transferências transnacionais; uma necessidade que buscava eliminar não apenas as fronteiras geográficas, mas também as fronteiras monetárias e temporais. Nos inícios da SWIFT, apenas sete bancos faziam parte do sistema, hoje são milhares.

Como parte dessa evolução, em 1999 os bancos europeus começaram a oferecer transferências de dinheiro por meio de telefones celulares, embora a tecnologia ainda estivesse num estágio muito inicial.

Hoje, conforme entramos na era digital, vemos o surgimento de diferentes empresas que permitem transferências internacionais por preços mais baixos que os da SWIFT. Essas empresas têm procurado simplificar o envio de dinheiro entre países de uma forma segura e de baixo custo, tendo contas bancárias em várias regiões que lhes permitem receber transferências no banco conveniente do usuário remetente e, em seguida, transferi-las para a conta bancária no país do destinatário. Isso torna mais fácil, rápida e segura a transferência de remessas ou outros pagamentos transfronteiriços, não apenas entre indivíduos, mas também entre empresas.

Então, qual é a relação entre o open banking e as transferências cross border?

Por meio das APIs bancárias as empresas podem se conectar com diferentes instituições financeiras, até mesmo de países diferentes, para gerar e receber pagamentos, ou oferecer serviços relacionados a transferências internacionais.

No caso das transferências cross border, o open banking possibilitou que as empresas que oferecem esse serviço tenham acesso às informações sobre os movimentos de suas contas para conhecer as transações recebidas e controlar seus processos em tempo real e automaticamente; assim, elas conhecem as informações sobre as transações que entram em suas contas bancárias para proceder à transferência do dinheiro para a conta de destino solicitada pelo usuário.

Antes, sem o open banking, os processos de confirmação e verificação das transferências recebidas ou realizadas só podiam ser feitas manualmente, mas graças às APIs, tornaram-se um processo automatizado.

Qual é o papel da Prometeo nesses processos?

A Prometeo possui mais de 300 APIs que se conectam com mais de 200 instituições financeiras de 10 países da América Latina; essa cobertura permite que as empresas se conectem com os principais bancos da região para conhecer e controlar as informações de seus movimentos em questão de segundos.

Dessa forma, independentemente do país em que estejam, as empresas que integram nossas APIs podem se conectar com bancos do Peru, Colômbia, Argentina e México, entre outros, e ter controle de suas transferências.

Se a sua empresa precisa fazer transferências internacionais deseja fazê-lo de forma rápida e segura, entre em contato conosco, para que nossa API possa fazer isso por você.

form-newsletter-es
Agendar ligação

Saiba como nossas APIs podem otimizar seus serviços.






Tags:BancárioPagamentos

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba na sua caixa de entrada as últimas novidades do Prometeo.







form-newsletter-es